english

Nossa senhora dos artistas

 

Nossa senhora dos artistas | 2005 | santinhos 10 x 6,5cm l offset sobre papel distribuídos 04 idiomas: português, inglês, francês, espanhol | 10 x 6,5cm
 

EM REDES

No entanto, as experiências mais radicais de Bruno Vieira são aquelas em que evita a cristalização do objeto e cria alternativas de circulação, seja nas redes virtuais, seja em redes físicas de distribuição. Como as correntes de orações. Nossa Senhora dos Artistas é uma obra que toma a forma peculiar de imagem de uma santa retrabalhada pelo artista com intervenções, e que toma a forma de santinhos impressos em milheiropara distribuição. No verso, cria uma oração de proteção aos artistas, e diz que a santa é originária da cidade de Arieiv, nome fictício que é o anagrama de seu nome. Esta prática retoma o tema da dádiva, pois o milheiro de santinhos é impresso para divulgar a santa como agradecimento pelas graças alcançadas. Mas esse é um pretexto fictício, tomado, com humor, de empréstimo da religiosidade popular. O que Vieira questiona são os modos de produção, circulação e agenciamento na arte. Esta obra não é encontrada em galerias para venda, o que destruiria sua proposta, da circulação anônima e dispersa no corpo social, em um circuito que ela mesma instaura. A própria autoria está cifrada em anagrama, como charada. RENATA WILNER

voltar